Go to Top

Habilidades Sociais: Intervenções efetivas em grupo

Reedição revisada e nova capa
Editora Pearson, 2017.

HABILIDADES SOCIAIS:
INTERVENÇÕES EFETIVAS EM GRUPO

Del Prette, A. & Del Prette, Z. A. P. (Orgs.)
Ed. Casa do Psicólogo

2011
Colaboradores nos capítulos:
Ana Carolina Braz
Camila de Sousa Pereira-Guizzo
Celia Caldeira Fonseca Kestenber
Daniele Carolina Lope
Eliane Mary de Oliveira Falcone
Fabián Orlando Oláz

Gabriela Alicia Cabanillas
Leonardo Adrian Medrano
Margarette Matesco RochaSheila Giardini Murta

 

Trata-se do primeiro manual teórico-prático publicado no Brasil sobre programas grupais de promoção de habilidades sociais, com evidências de efetividade produzidas por meio de estudos experimentais e quase experimentais. A maioria dos programas apresentados nesta obra foi objeto de estudos de mestrado e doutorado orientados pelos organizadores, mas o livro conta também com a participação de pesquisadores de outras instituições do Brasil (UnB e UERJ) e do exterior (UNC – Argentina).

O livro está organizado em duas partes. A primeira parte aborda as bases conceituais dos programas de Treinamento de Habilidades Sociais (THS), os diferentes modelos de aplicação de programas de habilidades sociais e questões subjacentes à efetividade e aos desafios de sua disseminação à comunidade.

Na segunda parte do livro são detalhados os objetivos, estrutura, procedimentos e estratégias adotados em seis programas de THS conduzidos em formato grupal e vivencial. Considerando as diferentes clientelas a que se destinaram e os diferentes problemas associados, os programas foram ordenados conforme se segue:

  • desenvolvimento da empatia em um grupo de profissionais de enfermagem, portanto, população não clínica (cap. 4);
  • intervenção com crianças escolares, usando recursos multimídia (cap. 5);
  • comparação entre dois tipos de treinamento com universitários, com e sem uso de vivências (cap. 6);
  • desenvolvimento de habilidades sociais profissionais para pessoas com deficiência física, desempregadas (cap. 7);
  • promoção de habilidades sociais assertivas conduzido junto a idosos (cap. 8); e de habilidades sociais educativas com mães de crianças com déficits de atenção e hiperatividade (cap. 9).

Este livro é direcionado a psicólogos e estudantes de psicologia e, também, a todos os profissionais de saúde e educação. Trata-se, portanto, de um manual para a condução de programas de promoção de habilidades sociais, com aplicações à clínica, educação, trabalho e comunidade. A idéia de manual de divulgação é a de que os programas terapêuticos, com eficácia testada em ambientes aplicados, deveriam constituir a opção preferencial para a prática profissional em situações similares. Ainda que se trate de um manual, defende-se que manuais e protocolos de intervenção sejam utilizados de forma flexível e adaptável às condições dos participantes.

Os vários capítulos respondem a perguntas relevantes para a prática psicológica:

  • O que é programa de Treinamento de Habilidades Sociais (THS)?
  • Quais os modelos e enfoques conceituais do THS em grupo?
  • O que são Práticas Psicológicas Baseadas em Evidências (PPBE)?
  • Os programas de THS podem ser considerados como PPBE?
  • Quais as características dos programas efetivos de THS (procedimentos, estratégias, contextos)?
  • Quais os desafios na disseminação desse programas?
  • Qual a importância de protocolos e manuais de intervenção em THS?
  • Qual o papel do profissional e do pesquisador na consolidação e na difusão dos programas grupais efetivos de THS?